Área Central

Usabilidade em softwares de gestão

Uma das características indispensáveis para que os usuários tenham uma boa experiência ao usar softwares é a usabilidade. E, se tratando das plataformas de gestão, a usabilidade é importantíssima pois impacta diretamente no controle e na produtividade das atividades de gerência. Nas Centrais de Negócios, um software que garanta facilidade para gestores e associados é fundamental e traz ótimos resultados. Aprenda mais sobre isso!

 O que é Usabilidade

O que norteia essa pergunta é: se um sistema é complicado de ser usado pelo usuário, para que esse sistema existe?

A usabilidade é um termo utilizado para definir a facilidade com que as pessoas empregam uma ferramenta, para realização de uma tarefa. No ambiente de software, os sistemas são as ferramentas utilizadas para a execução de tarefas pelo usuário. A usabilidade é o momento do diálogo entre o usuário e a interface do software e/ou plataforma.

A usabilidade é a capacidade do sistema de fazer com que o usuário tenha sucesso na execução das tarefas. Pontos fundamentais para se perceber é boa usabilidade de um sistema são:

  • Facilidade de aprendizado:a utilização do sistema requer pouco treinamento;
  • Fácil de memorizar:o usuário deve lembrar de como utilizar a interface depois de algum tempo de uso;
  • Maximizar a produtividade: deve permitir que o usuário realize a tarefa de forma rápida e eficiente;
  • Minimizar a taxa de erros:caso aconteçam erros, a interface deve avisar o usuário e permitir a correção de modo fácil;
  • Maximizar a satisfação do usuário:a interface deve dar-lhe confiança e segurança.

Sistemas com experiência de mercado

Área CentralNo desenvolvimento de um software, quando já existem experiências anteriores pelos usuários, a busca pela excelência na usabilidade é facilitada através do feedback. Quando um software está sendo desenvolvido de maneira completamente nova, essa experiência é inexistente ou muito pequena, então o trabalho torna-se mais difícil. Por isso que sistemas que já estão há tempo no mercado e já foram usados por diversos perfis de usuários, oferecem uma experiência melhor ao usuário. Conheça os clientes que a Área Central atende clicando aqui.

Independente do tempo de mercado da ferramenta, se o usuário não sentir clareza e facilidade de uso, simplesmente não utilizará mais, ou mesmo criará empecilhos para a utilização do software e provavelmente procurará outro fornecedor que atenda as suas necessidades. Por isso é importante ter em mente que a usabilidade é um elemento norteador ao processo de desenvolvimento de software. E que o mesmo edeve ser constantemente atualizado e modernizado, de acordo com os novos usos e as novas necessidades dos usuários.

Por que a usabilidade do software é importante para a gestão?

É a usabilidade proporcionada pelo software de gestão que irá auxiliar para o aumento da produtividade e tornar a interação com a ferramenta mais intuitiva e dinâmica. Historicamente, as soluções de gestão pensadas para empresas eram conhecidas pelos layouts pouco amigáveis, que tornavam o seu uso mais difícil do que o necessário. Às vezes, até tornando complexas tarefas simples.

Pensando numa rede de empresas, a usabilidade é um fator mais importante ainda para a gestão. Pois ela irá conectar empresas que trabalham de formas diferentes entre si e com a central. A comunicação deve ser unificada e, como o perfil dos associados pode flutuar, a ferramenta deve ser fácil e compreensível para um grande tipo de público. Ser intuitiva é uma das melhores qualidades que uma plataforma deve ter para fornecer ao usuário uma excelente experiência.

Sobre softwares de gestão

De maneira geral, um software de gestão é um programa de computador que ajuda os gestores e funcionários a cuidarem das atividades administrativas de uma empresa. É um programa inteligente que tem como objetivo facilitar e integrar essas atividades, automatizando o máximo de processos sempre que for possível.

A tecnologia vêm ganhando cada vez mais espaço, inclusive no meio empresarial. Portanto, independentemente do tamanho da empresa, adotar softwares de gestão é uma ótima iniciativa para economizar tempo, ter informações precisas, assertivas e com agilidade.

Área CentralCom a implantação de softwares adequados de gestão, as empresas conseguem controlar o fluxo de caixa, melhorar o relacionamento com clientes, monitorar as atividades dos funcionários com precisão, entre outros. Para as redes, uma plataforma de gestão (como a Área Central) fornece comunicação eficiente entre associados, possibilidade de compras integradas, controle de verbas, monitoramento de NFe, e ainda guarda as informações numa base de dados seguras, para serem usadas de maneira estratégica pela gestão central.

Por que investir numa plataforma de gestão?

– Informações precisas: se os controles de informação são feitos de modo manual, o risco de erros é muito maior. Um software confere mais confiança a estes processos, uma vez que, tendo inserido os dados, o próprio sistema faz os cálculos e apresenta relatórios com as informações necessárias à tomada de decisões.

– Integração de dados: além de fornecer informações corretas, o sistema de gerenciamento permite que todos os dados sejam lançados por alguém e compartilhados por diferentes áreas da empresa (ou por várias empresas), sem a necessidade de ter que alimentar os setores individualmente. Essa prática evita retrabalho!

– Facilita a tomada de decisão: com a posse de dados precisos, seguros, confiáveis e integrados, o gestor adquire uma grande facilidade na tomada de decisões em relação a fornecedores, investimentos e expansão. O software controla e gera os relatórios que permitem analisar um determinado cenário de forma assertiva.

– Segurança do armazenamento: todas as informações relevantes para as empresas estarão consolidadas no mesmo lugar. É possível efetuar backups de modo que a empresa não perca dados importantes de gestão, independentemente de qualquer evento inesperado que venha a ocorrer, tais como: queda de energia elétrica, picos de eletricidade, ou até mesmo acidentes e eventos indesejáveis.

– Redução de custos: apesar dos softwares serem um investimento que acarretará o pagamento de mensalidades, gestor nota uma considerável redução em outros custos da empresa com a implementação dos mesmos.