Tendências redes de supermercados

Tendências 2019 apontam melhoras na economia e desafios às redes de supermercados

O varejo já enfrentou algumas crises devido a economia. E as redes de supermercados precisam inovar constantemente a fim de que as vendas sigam equilibradas durante o ano.

As tendências costumam ser bons parâmetros às próximas ações a serem realizadas, por isso vamos falar sobre as tendências 2019 apresentadas na pesquisa feita pela ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados).

E ainda, algumas dicas sobre um ponto muito importante ao crescimento das redes de supermercados. Continue a leitura!

Tendências 2019 para o setor supermercadista

Vamos apresentar algumas tendências, interessantes as redes de supermercados, mencionadas na pesquisa da ABRAS, feita no final do ano passado.

O primeiro ponto mencionado pelos empresários do setor, é que eles estão confiantes com o novo governo e as projeções do mercado global. Conforme estimativas do Banco do Brasil, o PIB irá registrar crescimento de 2,5% em 2019.

  • 50% dos supermercadistas estimam crescimento entre 2% e 3% em 2019
  • A maioria dos respondentes avaliam que o governo manterá em 2019 a taxa de juros atual. Na data de realização da pesquisa a Taxa Selic estava em 6,50%. O Banco Central estima que em 2019 a taxa ficará em 7,50%, obtendo crescimento de 1%
  • Para 44,32% dos respondentes o IPCA ficará em 3,9%. Para o Banco Central, o IPCA irá registrar 4,07% em 2019
  • A variável que deverá apresentar maior crescimento em 2019 são os investimentos, com 66,67%
  • O Crescimento moderado no faturamento entre 3% e 10% é a projeção dos supermercadistas em 2019
  • Quando questionados sobre as ações que irão realizar a fim de fidelizar clientes, 82,22% responderam que farão campanhas promocionais. Já a oferta de maior variedade de produtos e serviços ficou logo atrás, com 70%
  • Um ponto muito interessante da pesquisa é quanto ao foco dos supermercadistas em 2019. Para 45,56% dos entrevistados, o mais importante será conseguir melhores prazos de pagamentos junto aos fornecedores.

E sobre os desafios que mencionamos no assunto do conteúdo?

Na pesquisa, os empresários pontuaram como principais dificuldades a serem enfrentadas em 2019 o aumento dos impostos (38,2%) e a falta de mão de obra qualificada (37,8%).

A pesquisa ainda apontou que 71,11% dos supermercadistas utilizam a estratégia de treinamento dos funcionários para melhorar o atendimento e manter os clientes.

Quanto ao aumento dos impostos, não há muito o que pontuarmos. Porém, queremos falar um pouco mais sobre essa questão da falta de mão de obra qualificada.

Falta de mão de obra qualificada nas redes de supermercados

Que a pesquisa mostrou que os empresários estão investindo na capacitação de colaboradores, isso ficou claro. Mas, a dificuldade, como foi entendido, está em encontrar profissionais já capacitados para trabalharem nas redes de supermercados.

Provavelmente seja essa a explicação para o uso da estratégia de treinamento que alguns gestores supermercadistas já vêm fazendo.

Isso é bacana, já que a capacitação profissional é essencial independente do segmento. Tudo o que sabemos hoje, metade pode não ser mais útil na semana que vem. Por isso a relevância da constante atualização de conhecimento.

O cliente já sabe muita coisa antes mesmo de chegar até você. É preciso oferecer muito mais do que ele sabe ou espera a fim de conquistá-lo de fato.

Solução a falta de mão de obra qualificada

Profissionais supermercadistas

A rotatividade de colaboradores nos supermercados é algo que chama muito a atenção. Isso tende a prejudicar a curto e longo prazo o negócio que precisa investir constantemente na capacitação de pessoas que, muitas vezes, se oferecem a vaga sem ter conhecimento na bagagem.

Como assim? Já falamos que a capacitação do colaborador é importante. A pesquisa da ABRAS já mostrou que uma parcela de supermercadistas vem se preocupando em relação a isso. A questão é que além da falta de mão de obra qualificada, as empresas não conseguem reter talentos.

Uma forma de amenizar essa situação é realizar capacitações frequentes. Assim o colaborador, ao passar do tempo, se sente mais engajado e passa a ter uma visão macro do negócio, por exemplo. 

Resumindo? É preciso olhar atentamente para o capital humano das redes supermercadistas! Investir no conhecimento dos colaboradores e na capacitação contínua é fundamental a fim de que eles queiram permanecer na empresa por mais tempo. Sem esquecer, é claro, da importância do salário e benefícios.

Um plano de ação de retenção de colaboradores é o ideal na gestão de pessoas no negócio.

Claro, em meio a essa estimativa positiva de investir no colaborador e ele crescer, existe a possibilidade de a concorrência tirá-lo de você. Isso é possível, antes mesmo de você “colher” o investimento feito.

Porém, o consumidor não está preocupado com isso. Ele espera encontrar no seu supermercado tudo que precisa, com agilidade, além de ter um excelente atendimento. Então, você não pode esperar que as possibilidades de perda o limitem quanto a realizar ou não a capacitação de seus colaboradores.

Você precisa investir para que o quanto antes eles realizem seus trabalhos com qualidade e superem as expectativas do seu cliente.

Escola Nacional de Supermercados – ABRAS

Escola ABRAS

A Escola Nacional de Supermercados vem como uma opção de treinamento e aperfeiçoamento para colaboradores de redes de supermercados, oferecendo cursos online e presenciais.

De acordo com o próprio site da Escola ABRAS, ela tem “como missão promover a Educação Profissional e a pesquisa para o desenvolvimento de competências e habilidades da mão de obra supermercadista, tendo em vista a formação para o mundo do trabalho e a cidadania, em consonância com as necessidades da sociedade brasileira e do ramo produtivo varejista de autosserviço.”

Vamos dar alguns exemplos de cursos online e presenciais:

Online

  • Lidando com equipe em supermercados
  • Formando uma equipe com postura vencedora
  • Higiene e saúde
  • Atendimento em supermercados
  • Estoque e armazenamento de mercadorias.

Presencial

  • Aperfeiçoamento gerencial de supermercados
  • Atendimento ao cliente
  • Logística para supermercados
  • Marketing e merchandising no ponto de venda
  • Planejamento e gestão comercial.

Essas não são todas as opções, no site você encontra cursos também em outros temas.

Mas você deve estar se perguntando porque estamos apresentando esse site de cursos, certo? Sabemos que não é fácil encontrar no mercado opções de capacitação tão focadas em determinados setores, como o supermercadista, por exemplo.

Por isso, ao identificarmos com a pesquisa acima a necessidade de mão de obra qualificada por parte de empresários do setor, partimos em busca de uma sugestão a fim de melhorar esse ponto.

Informações sobre inscrição e custos você pode acessar no site da Escola Nacional de Supermercados.

E então?

Você viu que apresentamos algumas tendências para o setor supermercadista em 2019. E ainda, que na pesquisa falou dos desafios que os empresários consideram maiores neste ano: falta de mão de obra qualificada e aumento dos impostos.

Logo em seguida falamos da importância de valorizar o colaborador, principalmente no ponto de treinamento, mas também em relação a salário e benefícios. Isso vai contribuir na diminuição da rotatividade e até mesmo na falta de mão de obra qualificada.

E por fim apresentamos a Escola Nacional de Supermercados que oferece cursos online e presenciais focados neste setor que tanto precisa de pessoas qualificadas.

A verdade é que a valorização do capital humano não é apenas um item indispensável nas redes de supermercados, mas em todo e qualquer setor.

O consumidor quer cada vez mais ter boas experiências com empresas, marcas, produtos e serviços. É preciso lembrar que seu colaborador também é um consumidor. E essa mesma necessidade de melhores experiências, ele busca em forma de melhores oportunidades como parte de um negócio.

Esperamos que essas dicas possam ajudar sua rede de supermercado a crescer cada vez mais, não só economicamente, mas principalmente no foco de valorização do capital humano, este que faz o setor se mover.

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Entre em contato conosco! Se desejar, confira o Kit Fundamental de Gestão que montamos exclusivamente a fim de ajudar sua rede ou central de negócio a crescer ainda mais! O download é gratuito!

Material Kit Fundamental de Gestão