Parceria entre fornecedores

Como incentivar fornecedores a contribuírem com o encarte por meio de cotas

Estreitar e aprofundar laços e parcerias com os fornecedores. Este é um dos principais desafios para quem coordena as Centrais de Negócios. O principal foco deste modelo é tornar seus associados mais competitivos, e por isso o bom relacionamento com os fornecedores se faz tão importante.

Quem busca o fortalecimento junto às grandes marcas ou representantes deve considerar que, uma boa parceria permite ganhos conjuntos. Negociar com empresas regionais, nacionais e fazer acordos que serão repassados a todos, deve considerar também os objetivos dessas marcas.

Neste texto você vai descobrir possibilidades de como ampliar a parceria e os resultados em vendas.

MEIOS DE O FORNECEDOR PARTICIPAR E CONTRIBUIR

Há basicamente duas formas de fazer o fornecedor participar e contribuir com a Central:

  • Fazendo com que ele seja um parceiro fixo e pague uma cota: com isso, participará de todos os encartes por um determinado período. Geralmente um ano ou seis meses;
  • Cada encarte ser oferecido individualmente aos fornecedores para que eles comprem os espaços. Esta opção é mais trabalhosa, no entanto, pode ser mais rentável. Como nosso foco neste conteúdo é a participação do fornecedor por meio de cotas, vamos aprofundar o assunto. Uma maneira de conseguir esta contribuição, é envolvê-lo no processo de elaboração e escolha dos produtos encartados.

Alguns desses parceiros possuem orçamentos específicos para linhas de produtos ou lançamentos. Ao colocá-lo para interagir e opinar neste processo, existe a possibilidade de conseguir maior verba de acordo com o produto negociado.

COMO AMPLIAR A PARCERIA

Através de práticas de resultados mútuos é possível ampliar a parceria. Uma  atitude a ser tomada é negociar e controlar as verbas de publicidade. Esta que é negociada de maneira distinta por cada fornecedor, pode ter destinos diferentes. Em sua maioria, a verba é utilizada em operações de marketing que permitem ampliar os investimentos na área.

Nos tabloides de ofertas, por vezes, algumas redes destinam a capa ou permitem a inclusão de produtos em destaque para uma única marca. Usar os panfletos das centrais está entre as práticas mais comuns. A verba negociada entre rede e parceiro auxilia no pagamento das despesas de impressão, por exemplo, o que permite a distribuição de um número maior do material.

RESULTADOS EM VENDAS

Quando se fala em contribuir com cotas não estamos apenas falando em valores monetários, mas também do pagamento por meio de produtos ou descontos. Um espaço de destaque para as mercadorias nos estabelecimentos também é moeda de troca.

Crescimento das vendasO associado, por meio da Central de Compras, coloca o fornecedor em lugar de destaque no tabloide e prateleiras e ele ajuda com descontos, mercadorias ou dinheiro. Ele pode ainda oferecer material para a produção do encarte naquele semestre, por exemplo.

Além de aumentar a experimentação de seu produto e adquirir credibilidade junto ao mercado, melhora a participação das marcas nele.

Ambos, participantes dessa ação conjunta, estarão diante de uma real melhora do lucro através da chance de aumento do volume de vendas. Com tantas alternativas de auxílio, é falta de interesse deixar essa parceria benéfica passar despercebida.

CONCLUSÃO

Você viu que existem duas formas para o fornecedor participar na elaboração dos tabloides de ofertas: por meio das cotas ou através da compra de espaço de forma individual.

Para ampliar a parceria é importante negociar as verbas de publicidade. Cada abastecedor recebe um montante destinado às ações de marketing, e caberá a Central se empenhar para conquistá-las.

É interessante frisar que a maioria das negociações não são firmadas com dinheiro e que trocas são muito comuns. Mas, se oferecidas práticas vantajosas, essa situação pode mudar.

Como anda o relacionamento da sua Central com parceiros? Quais tipos de trocas estão sendo realizadas? Elas estão trazendo benefícios? Conte-nos!

Leave a Reply