Gestão de fornecedores

Gestão de fornecedores – saiba como associados podem aumentar a produtividade

Realizar a gestão de todas as questões pertinentes a rede ou central pode demandar um esforço enorme, principalmente quando se trata da gestão de fornecedores.

Nesse sentido, ter produtividade é essencial para que todas as ações e processos sejam realizados dentro do prazo e com assertividade. A questão é: como você pode ser mais produtivo dentro da rede ou central? Como otimizar o tempo e desafogar decisões e compras?

Pensando nisso, hoje iremos falar sobre como o gerenciamento dos fornecedores pode contribuir para melhorar a produtividade não só sua, como também dos demais associados! Continue a leitura e descubra como!

O que é a gestão de fornecedores?

A gestão de fornecedores está diretamente ligada a produtividade e eficiência, já que a qualidade dessa relação pode tornar as ações dos associados mais assertivas ou não.

Então, o gerenciamento envolve a pesquisa de fornecedores, a classificação – que pode utilizar critérios de avaliação, definidos por todos os membros – e uma análise constante para identificar se todos os pontos estão sendo atendidos pelos fornecedores escolhidos para atender a rede ou central.

Você vai ver que, dentre os benefícios de realizar esse processo, está a questão de que as tomadas de decisões se tornam mais assertivas e de certa forma enxutas, gerando economia e maior vantagem competitiva no mercado.

Se dedicar a esses membros está relacionada não só ao processo de análise, como também o controle de todas as ações que ocorrem entre os fornecedores e as redes e centrais de negócios.

Como avaliar seus fornecedores?

Como avaliar seus fornecedores

Como já mencionamos, avaliar os fornecedores é essencial para que a parceria traga bons resultados para ambas as partes. Iremos apresentar a seguir, alguns pontos que precisam ser analisados antes que sua rede ou central realize qualquer negociação.

Queremos frisar que esses pontos podem variar de um negócio para o outro e que não necessariamente precisam ser critérios obrigatórios todos eles para que o fornecedor esteja apto a se tornar parceiro. Esse é um ponto que precisa ser alinhado entre todos.

Atendimento

Como é o atendimento deste fornecedor? Ele é flexível quanto às formas de pagamento? Se apresenta disposto a negociar a quantidade de produtos?

Essa flexibilidade é essencial para que exista maior possibilidade de negociações futuras. Um fornecedor que não está disposto a negociar questões como forma de pagamento e volume de produtos, pode não ser um bom parceiro e não oferecer vantagens competitivas para a rede ou central.

Agilidade na entrega

Os atrasos são recorrentes? Você já perdeu vendas específicas por atraso de uma entrega?

Fornecedores que pecam na logística podem a longo prazo complicar ainda mais a rentabilidade das redes e centrais. Isso principalmente porque normalmente são recebidos grandes volumes em uma única entrega. Não seria apenas você, mas muitos outros associados que poderiam estar deixando de gerar lucro devido ao um atraso.

O ideal é ao longo de um determinado período mapear a questão da entrega e verificar se os atrasos são frequentes ou se foi uma única vez no mês, por exemplo.

Relação Custo-benefício

Qual é a faixa de preço que o fornecedor trabalha? Está alinhada com o mercado? Além disso, o preço cobrado equivale a qualidade do produto que a rede ou central está adquirindo?

É essencial ficar atento aos preços praticados no mercado e ao que o fornecedor está cobrando, bem como, a procedência dos produtos.

Experiência no mercado

Quantos anos este fornecedor está no mercado? Quais são as avaliações atribuídas a ele por outras empresas?

Analisando esses aspectos você e sua rede ou central terão uma visão clara de como este fornecedor atua e se ele é ou não uma boa opção, um parceiro de confiança.

Certificação

São os certificados que atestam a qualidade e procedência dos produtos do seu fornecedor. Nesse sentido, procure saber se ele conta com todas as certificações necessárias para assegurar a qualidade de cada produto que fornece.

Uso de recursos tecnológicos

Seja na fabricação de um produto ou no transporte e venda dele, a tecnologia está se tornando cada vez mais indispensável.

Quais ferramentas seu fornecedor utiliza para realizar o controle e logística interno dele? É no papel e caneta ou ele já faz uso de uma plataforma de gestão?

Analisar os recursos tecnológicos do fornecedor irá contribuir muito para que sua rede ou central tenha maior segurança quanto a todas as etapas. Isso desde a compra até a entrega da mercadoria.

Esse controle só é ou será assertivo se ele fizer uso de tecnologia. Por isso, identifique quais recursos tecnológicos ele dispõe.

Localização

Localização

Economia e produtividade estão atrelados também a localização. Se o fornecedor não contar com centros de distribuição perto da sua rede ou central, além da logística pesar mais no bolso, tempo de entrega e disponibilização dos produtos para venda podem ser prejudicados.

Nesse sentido, avaliar o fornecedor levando em consideração a localização é primordial para que questões financeiras e de tempo sejam priorizadas. Isso não prejudicando a produtividade e execução das ações e processos dentro das redes e centrais.

Pós-venda

Produtos alimentícios, por exemplo, por não serem técnicos, provavelmente irão demandar menos contato pós-compra junto ao fornecedor. Contudo, se sua rede ou central pertence a um dos outros segmentos, é fundamental que o seu fornecedor tenha a disposição um ótimo pós-venda.

Produtos que podem necessitar de reposição ou apoio técnico precisam apresentar um bom pós-venda.

Claro, esse serviço de atendimento não está restrito apenas a certos segmentos de produtos. Já não é novidade que um bom atendimento de pós-venda é fator importante na escolha do consumidor final. E esse ponto também tem grande valor em negociações B2B.

Disponibilidade

O fornecedor atende todos os quesitos acima? Se sim, ele está disponível para atender sua rede ou central? Se é um fornecedor muito disputado, é bem provável que ele não tenha mais estrutura para atendê-lo.

O interessante então, para não analisar inúmeros fornecedores em vão, é primeiro investigar esse ponto da disponibilidade para depois seguir com os próximos critérios.

Benefícios de realizar a gestão de fornecedores

  • Evita que existam produtos em falta no estoque
  • Existe maior controle de prazos de entrega e pagamentos
  • Redução de riscos
  • Melhor direcionamento de recursos
  • Colabora para que sejam realizadas boas negociações
  • Ajuda a identificar falhas em processos.

Pontos importantes para uma boa gestão de fornecedores

Boa gestão de fornecedores
  • Estruture bem seus processos internos
  • Elabore um planejamento
  • Defina principais critérios de avaliação a serem avaliados
  • Tenha uma boa base de dados em uma plataforma de gestão
  • Faça um controle periódico (semanal ou mensal)
  • Entenda os custos e valores envolvidos
  • Construa um bom relacionamento com fornecedores
  • Compartilhe informações críticas
  • Planeje as exceções
  • Saiba quais são os objetivos da empresa.

Qual a relação entre a produtividade e a gestão de fornecedores?

Realizar compras e negociações assertivas e tornar os associados mais competitivos no mercado são o foco de toda e qualquer rede ou central. Contudo, existem algumas barreiras que precisam ser ultrapassadas para que esses objetivos possam se tornar viáveis.

A produtividade impacta no crescimento. Isso porque, se as transações estão mal resolvidas, entregas estão atrasadas e os valores negociados não estão permitindo uma margem de lucro, tanto a produtividade quanto o crescimento podem ficar comprometidos ao longo do tempo.

Quando se fala da gestão de fornecedores possibilitar uma maior produtividade dos associados, queremos dizer que ao manter todos os processos dessa parceria bem controlados, “sobra” tempo para você e os demais membros da rede ou central ficarem focados em outras questões como marketing e as vendas em si, por exemplo.

E como já pontuamos acima, existe um fator indispensável para a gestão de fornecedores. Este que colabora expressivamente para um maior controle de mercadoria e negociações: um software de gestão.

A importância de contar com uma ferramenta de gestão

A importância de contar com uma ferramenta de gestão

Já faz um tempo que o mercado abandonou a gestão manual de processos e atividades do negócio. Ou pelo menos deveria ter abandonado. Isso porque, o tempo necessário para realizar uma atividade com controle manual é muito maior do que identificá-la e realizá-la mecanicamente.

Outro fator que pesa muito, principalmente nas redes e centrais de negócios, é que ao não usar um software de gestão, com o volume de dados que circulam, a possibilidade de erros nos processos e negociações se torna muito maior. O que pode levar a grandes prejuízos.

O controle de estoque, monitoramento de entregas e análise das compras através de uma plataforma informatizada permitem que as decisões sejam mais seguras. E ainda, que o gestor da rede ou central consiga ter ideias para otimizar recursos e melhorar o poder de barganha junto aos fornecedores.

A Plataforma da Área Central, por exemplo, permite que as compras sejam feitas em conjunto ou individualmente. E ainda, disponibiliza o módulo de catalogação de produtos que facilita a identificação e controle da mercadoria em estoque.

Relacionado ao processo junto aos fornecedores, a ferramenta facilita o acompanhamento de todas as etapas. Desde o fechamento da negociação até a entrega na rede ou central, dentre outras funcionalidades.

A produtividade dos associados pode ser impactada positivamente pela gestão dos fornecedores. Entretanto, devido ao grande volume de compras negociadas e outras questões, um software é essencial para que nenhuma informação se perca  e tudo permaneça sob controle.

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Sua rede ou central está com alguma dificuldade junto aos fornecedores? Entre em contato conosco e descubra como podemos ajudar! Se tiver interesse, faça uma solicitação de demonstração da Plataforma AC gratuitamente clicando abaixo!

Solicitação de demonstração gratuita do software de gestão AC