Como definir Indicadores de Desempenho

Como definir Indicadores de Desempenho

Você já deve ter ouvido falar dos indicadores de desempenho. A definição é simples: eles buscam medir os resultados do seu negócio em relação às metas e objetivos que foram estabelecidos anteriormente. E para que uma rede ou central de negócio tenha sucesso, uma das premissas é que após serem estabelecidos, eles sejam monitorados.

Qual a importância de contar com os indicadores na gestão de uma rede ou central? Como defini-los? Quais são relevantes para redes e centrais? O software auxilia na definição? Como implementar o controle de gestão através deles? Descubra na leitura!

O que é?

Os KPIs (Key Performance Indicator) são indicadores numéricos que revelam a evolução dos resultados de uma empresa em relação a seu planejamento estratégico.

Dica: Não há limitação de KPIs,  pois cada negócio utiliza a quantidade de acordo com suas próprias necessidades. Porém, eles precisam ser bem definidos, de qualidade e monitorados com frequência.

Qual a importância de usar indicadores de desempenho

Imagine que a rede ou central de negócio tenha como objetivo, para as empresas supermercadistas associadas, aumentar o ticket médio por cliente em 25%, através de mensuração em software financeiro, em prazo de um ano.

Como no exemplo acima, quando os objetivos são estabelecidos é fundamental que seja definida a data, uma meta – estipulado normalmente em números – e qual o processo/metodologia que será utilizado para alcançá-lo.

Não existe ganho algum na definição detalhada das metas e objetivos se não forem mensurados e acompanhados os dados da evolução do negócio em determinado objetivo.

E isso é de forma geral. A rede ou central pode ter um planejamento bem alinhado e pode estar conquistando bons resultados. Entretanto, se não fizer uso dos indicadores, tanto perde em não perceber o quanto se evoluiu, como não é capaz de identificar melhorias que podem ser necessárias para a otimização de recursos, por exemplo.

Estabelecer indicadores permite checar o cumprimento das metas e avaliar o nível de produtividade de cada integrante. E ainda, mensurar a percepção de qualidade dos serviços e produtos oferecidos pela central ou rede.

Benefícios dos KPIs

Não poderíamos deixar de mencionar alguns benefícios dos indicadores de desempenho. Listamos abaixo algumas vantagens de utilizá-los:

  • Como definir Indicadores de DesempenhoAumenta a capacidade organizacional;
  • Facilita na identificação de problemas;
  • Assertividade nas decisões;
  • Procura e armazenamento de informações importantes sobre as ações;
  • Redução no tempo gasto para análise dos processos;
  • Contribui para que falhas sejam encontradas mais facilmente;
  • Ajuda no alcance de metas nos setores;
  • Melhora a capacitação dos colaboradores;

Como definir?

Pode parecer difícil definir KPIs, mas é um processo relativamente simples e que oferece muitas vantagens. O primeiro passo é encontrar informações da rede que estejam ao seu alcance e que permitam ser analisadas e trabalhadas com facilidade. Dados muito complexos geram indicadores difíceis de serem mensurados.

Esse processo de identificação e elaboração dos indicadores, deve estar totalmente alinhado com os objetivos gerais do negócio. Isso com o intuito que eles tragam resultados ligados às estratégias principais.

É importante na definição dos KPIs levar em consideração o estágio de crescimento e o segmento de atuação. Cada fase necessitará da análise de um indicador em especial em conjunto com outros comuns. Essa diferença se aplica também ao produto/serviço ser de e-commerce ou apenas loja física, por exemplo.

Então, coloque na mesa os objetivos e estratégias principais da sua rede ou central de negócio, e a partir disso, comece a esboçar os seus indicadores de desempenho.

Quais são relevantes para as Redes e Centrais de Negócios

Talvez para você, a informação mais importante seja, quais são os indicadores relevantes neste modelo de negócio. Pensando nisso, vamos apresentar alguns – não todos – KPIs que auxiliam nos resultados e melhorias deste tipo de negócio:

  • Lucratividade: para medir este KPI deve-se dividir o lucro pelo faturamento. Cada segmento de mercado trabalha com percentuais de lucratividade distintos, mas cabe a sua rede definir a meta que é viável alcançar;
  • Ticket médio: é o valor gasto por cliente dentro de determinado período (como um mês, por exemplo). Para o cálculo, é só dividir o total do valor de vendas pelo número de vendas, o que dá uma média dos gastos por cliente;
  • Faturamento: ele mostra o quanto a rede e central de negócio está vendendo. Esse KPI corresponde aos valores do fechamento de caixa. Em pequenas empresas a mensuração deste indicador pode ser mensal, enquanto nas grandes, até de hora em hora;
  • Faturamento por funcionário: visa medir o desempenho do faturamento pelo número de funcionários contratados. No cálculo divide-se o valor do faturamento pelo número de funcionários;

Outros podem ser: grau de motivação e satisfação dos colaboradores; aumento nas comissões geradas pelos fornecedores; aumento na quantidade de associados e aumento do poder de negociação com fornecedores.

KPI’s e o uso do software

Como definir Indicadores de DesempenhoAo optar por um software específico e completo para a gestão da sua rede ou central de negócio, é possível que através dos dados armazenados você consiga identificar KPIs.

Isso quer dizer que, nutrindo a plataforma da maneira correta, todas as informações armazenadas permitem identificar KPIs que podem ser trabalhados na rede ou central.

O KPI Faturamento, por exemplo, pode ser estabelecido com base nas compras já realizadas. Com o acesso a esses dados, é definido um objetivo palpável. Isso levando em consideração o volume de faturamento em um determinado período.

Então, no módulo específico da plataforma da Área Central – denominado Painel de Indicadores – é possível elaborar KPIs e delimitá-los conforme a necessidade da central ou rede.

Com os objetivos estabelecidos e devidamente lançados na plataforma, o software cruza os dados. E, ao longo do tempo, indica se os objetivos foram alcançados ou não.

Como implementar o controle de gestão através dos KPIs

Os indicadores de desempenho devem ser baseados em informações anteriores do negócio. Não levar em consideração dados passados pode conduzir a geração de KPIs exagerados, fora da margem possível de realização.

Por ser uma ação a ser implementada em uma rede ou central de negócio – lidar com grande volume de pessoas – é essencial que esse processo seja percebido, entendido e colocado em prática por todos os associados.

Diferentemente em uma empresa, onde administradores é que definem os KPIs a serem trabalhados, na rede ou central de negócio, os indicadores podem e devem ser definidos em conjunto, pois dizem respeito a todos. Da mesmo forma, os resultados devem se tornar de conhecimento de todos, não como uma forma de cobrança, mas para instigar melhorias e avanços.

Ainda não possui um software de gestão que permita criar e mensurar indicadores de desempenho da sua rede ou central de negócio? Entre em contato conosco e solicite uma demonstração gratuita da nossa plataforma!

Leave a Reply