Quais os melhores canais para a promoção da rede e associados?

Quais os melhores canais para a promoção da rede e associados?

Pensar na promoção da rede ou central é tão importante quanto conquistar mais associados ou adquirir um desconto inédito em uma compra com o fornecedor. Os descontos incríveis e os 100 associados não agregarão muito se a rede ou central de compras não adquirir mais espaço de mercado no setor em que atua.

Não existe a possibilidade de se equiparar aos grandes concorrentes se a rede não se preocupar com a divulgação – em grande escala, se desejar – da marca.

Para reforçar ainda mais a necessidade de promoção, é que existe a estipulação de uma marca única que irá ser utilizada em toda a comunicação de todos os empresários associados àquela rede.

Por qual razão ter uma identidade única se não a promover?

Pensando nisso, para ajudar sua rede ou central, vamos apresentar algumas dicas de canais de promoção tanto para a rede quanto para os associados.

Nossa ideia é que você identifique quais canais já usa e quais pode ainda utilizar para alavancar as vendas e fazer valer as práticas associativistas realizadas na rede.

Neste texto você vai ler:

O que levar em consideração para definir os canais?

Canais para promoção associados e rede: delimite o público

Se utilizarmos o pensamento que o consumidor final é o que interessa, seja você integrante de uma rede de supermercados, rede de materiais de construção, móveis e eletros, farmácias ou qualquer outra, você precisa se conectar com ele para vender seus produtos e/ou serviços. É preciso estar nos canais que o seu público se encontra.

Sendo associado de uma rede de supermercados, por exemplo, sabemos que o seu público envolve todas as idades. Entretanto, é importante que você se lembre de quem realmente tem o poder de compra e pode ser considerado um público mais específico: os adultos.

É nos canais de comunicação que os adultos usam que você deve estar.

Então o primeiro ponto é: delimite seu público. Sem essa visão clara, a escolha dos canais se torna aleatória e sem justificativa.

Conheça todos os canais

Como saber se os adultos estão mais no LinkedIn ou no Facebook? É preciso pesquisa e muita análise de mercado por parte do time de marketing para saber exatamente onde eles estão.

O LinkedIn é uma rede mais profissional, voltada para conexões empresariais, vagas de emprego e temas sobre recrutamento e seleção. Já consegue identificar que não é um canal muito bom para divulgar um sabão em pó, concorda?

É essa percepção que vai contribuir para uma identificação mais assertiva de onde o público da rede se encontra. Por isso, conheça todas as redes sociais e meios de comunicação no qual você pode estabelecer contato com o futuro cliente.

Até aqui você descobriu como definir os canais estabelecendo o público. É hora de ver essa definição por verba.

Definindo os canais de promoção por verba

Não conseguimos aprofundar na questão neste momento, entretanto, você já deve ter algum conhecimento sobre o marketing digital, certo? Seguindo a lógica que você já ouviu falar disso, existem duas formas de promover a marca da rede na internet: organicamente ou pago.

Isso quer dizer que a sua rede ou central pode fazer publicações no Facebook ou em um blog próprio sem haver necessidade de pagar para que esse conteúdo se espalhe. Ou pode colocar uma verba em cima, como nos anúncios do Google, para que um número maior de pessoas conheça a rede.

Como falamos, definido o público, analisado os canais, é hora de falar de verba.

É muito comum que nas redes e centrais seja estabelecido uma mensalidade para os associados a fim de utilizar em questões do interesse da rede. Com esse rendimento mensal é possível, dentre outras questões, cuidar da promoção da rede na internet.

Aqui vale te lembrar da importância de um bom planejamento de marketing digital. Com ele toda a questão de público, análise dos canais e estratégias são muito mais assertivas, principalmente porque definem o investimento focando no objetivo.

Agora, continuando na questão da verba, dependendo dos canais selecionados, a rede ou central pode tanto desenvolver ações focando nas publicações orgânicas quanto nas pagas.

Já estamos focando muito no digital, mas os meios de promoção tradicionais (rádio, televisão, jornal, revista, outdoor) também entram nos canais que podem ser usados pelas redes e centrais.

Não estamos desmerecendo-os, apenas nosso foco é no digital. Afinal, quem não está na internet?

Definindo os canais de promoção por alcance regional

Você pode definir os canais de acordo com o alcance regional. O que mais temos notado é que as redes e centrais estabelecem seus “limites de atuação” de duas formas: contam com associados por vários estados do Brasil ou as lojas associadas de uma determinada rede se encontram apenas em uma região, seja ela Sul, Nordeste, Sudeste e assim por diante.

Como definir os canais por alcance? Aqui também é importante levar em consideração o público, como falamos no início do texto.

Quanto aos canais digitais, em uma rede nacional ou regional, eles serão bem-vindos. Agora, os canais tradicionais (televisão, jornal) podem ser mais assertivos se trabalhados regionalmente. Se a sua rede tem filiais por toda a região Sudeste, por exemplo, identifique qual a revista que é publicada nos estados que ela abrange.

Claro, não esqueça: apenas uma boa estratégia de marketing dirá se essa é uma estratégia válida para alavancar as vendas da rede ou não.

Nossa dica é que canais online sejam definidos de acordo com o público e verba. Canais tradicionais podem ser definidos por público, verba ou alcance regional.

Quais são os canais para promoção?

Primeiro vamos falar sobre os canais digitais e depois sobre os tradicionais. Assim é fácil de entender sobre cada um.

Canais digitais

Canais para promoção associados e rede: canais digitais

Site

Se você pesquisar vai perceber que o canal mais empresarial que a rede pode ter é o site. E claro, você como associado pode divulgá-lo. Não há necessidade de cada loja associada ter o próprio site, pelo contrário, seguindo a linha da marca única, deve haver um único site de promoção. Neste caso é o da rede ou central. Pode parecer que o site caiu em desuso, mas ele é um canal essencial principalmente para prospecção de novos associados.

Blog

Muito tem se disseminado a propagação de conteúdo relevante ao público. O blog vem ajudar nesta questão. Por exemplo, se a rede é do segmento de supermercados, alguns conteúdos que podem ser falados no blog são: como verificar se as frutas estão no ponto ideal?; Tudo que você precisa saber sobre o cartão fidelidade dos supermercados da Rede X; Conheça os tipos de carne e como elas podem ser preparadas.

São conteúdos que podem interessar o seu público, aquele que mencionamos no início do texto. Então, tenha um blog da rede, as pessoas gostam de aprender coisas novas e ficar por dentro das novidades.

Facebook

É bastante comum que as redes e centrais, por adotarem uma identidade visual única, – esta que deve ser usada por todos os associados – contem com um perfil no Facebook que seja central. Ou seja, um que apresente informações gerais da rede ou central, como ofertas em grande escala ao uma promoção em datas especiais, como Natal e Dia das Mães, por exemplo.

Mas, sim, o Facebook é um canal que deve ser utilizado, principalmente se desejar fazer anúncios pagos. É possível conseguir um grande alcance de público – aquele que frisamos no início do texto – e torná-lo fiel para que acompanhe as promoções dos supermercados da rede, por exemplo.

Instagram

O Instagram é muito visual. Fotos e vídeos tendem a ser a cereja do bolo. Ter um perfil da rede ou central neste canal é uma opção bacana. A questão do Stories – as histórias que publicamos sem ser na linha do tempo – tendem a contar como uma estratégia bacana para ser utilizada por você e os outros associados em suas lojas. Um vídeo de oferta imperdível do dia ou uma enquete do que as pessoas gostariam de ver na promoção, são sugestões a serem trabalhadas nesta rede social.

WhatsApp

Aqui podemos focar mais na promoção da sua loja. Ter um número de contato que seja disponibilizado aos clientes é muito recomendado. Sabe aquela ideia de “deixe seu telefone nos comentários que vamos lhe adicionar para receber as ofertas do dia”? Criar um grupo com clientes do seu supermercado, por exemplo, possibilita uma maior aproximação com os clientes além de ser um ótimo canal de venda.

Em uma pesquisa da CNDL e do SPC Brasil, deste ano, sobre o uso da internet e tecnologia para aumentar as vendas das micro e pequenas empresas, 27% dos empresários entrevistas realizam vendas de produtos/serviços pelo WhatsApp.

Ainda tem dúvida que dá para vender pelo WhatsApp?

LinkedIn

Sendo empresário e por dentro dos negócios do mercado, acreditamos não ser necessário enfatizar o LinkedIn. Você deve ter um perfil nele, certo? A principal função dele é criar conexões profissionais, fazer contato, trocar experiências. É vantagem a participação dele pois oferece essa possibilidade de crescimento da rede de contatos. Isso pode ajudar tanto em relação aos fornecedores quanto na busca por novos associados.

Canais tradicionais

Canais para promoção associados e rede: canais tradicionais de promoção

Revista

Se a sua rede ou central utiliza a Plataforma de gestão da Área Central, é possível que você já ouviu falar da Revista Acrescentar que produzimos. Ela é um ótimo canal para divulgação da rede.

Tabloide de ofertas

O tabloide de ofertas, conhecido por alguns como encarte, pode ser estruturado dentro da rede ou central. É uma opção bacana, principalmente se você consegue incentivar os fornecedores a contribuírem por meio do encarte.

Por ser um material com promoções interessantes, sempre acaba engajando as pessoas e contribuindo na divulgação dos produtos da rede ou central.

Carro de som

Para a rede como um todo ele não é muito viável, pois seu alcance é pequeno e seu custo se tornaria elevado se fosse divulgar em todas as cidades das lojas associadas.

Contudo, se utilizado como estratégia única, ou seja, você utilizar no seu supermercado, é uma boa sugestão. Na pesquisa logo abaixo o uso do carro de som por micro e pequenos empresários é de 58%. É uma ação eficiente se realizada localmente.

Rádio

O rádio costuma ser bacana para inserções curtas. Aqui ele também é mais válido se praticado localmente. Promoções exclusivas e ações especiais valem a pena colocar no rádio.

Entretanto, para uma promoção mais contínua ele se torna um investimento alto se comparado as redes sociais. Estas que permitem você definir o valor a ser usado, qual público será impactado e consegue mensurar os resultados.

Pesquisa sobre performance canais digitais x canais tradicionais

Na pesquisa realizada pela CNDL e o SPC Brasil, sobre uso da internet e tecnologia para aumentar as vendas das micro e pequenas empresas, os empresários entrevistados mencionaram que campanhas digitais apresentaram melhor performance do que as realizadas em mídias tradicionais. E aí, foi apresentado na pesquisa quais campanhas trouxeram, em quais canais, trouxeram os melhores resultados:

  • Perfil nas redes sociais 66%
  • Internet 59%
  • Carro de som 58%
  • Envio de mensagens pelo WhatsApp 41%
  • Panfletagem 39%
  • Rádio 37%
  • Revistas 36%.

Conclusão

Vai começar quando a investir no marketing digital da sua rede ou central? Querendo ou não, a promoção online já ganhou mais espaço do que as tradicionais.

E isso é uma coisa boa, pois com essa capacidade de acompanhar a divulgação da rede ou central na internet, é possível moldar as estratégias e conquistar ainda mais resultados.

Essa presença digital tende a favorecer todos os integrantes da rede. Estar conectado com os clientes é estar conectado com as oportunidades.